Author Archives: hcorreia2003

About hcorreia2003

Eu gosto de viver. Já me senti ferozmente, desesperadamente, agudamente infeliz, dilacerado pelo sofrimento, mas através de tudo ainda sei, com absoluta certeza, que estar vivo é sensacional.

saudade


Ensinou-me a Vida tanto Desde a tua partida Que angústia, e que pranto Que Tristeza desmedida Partiste meio a sorrir E numa Paz tão merecida Parecias estar a dormir Na hora da despedida Porém não cheguei a tempo De me … Continuar a ler

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Eu


“… E de novo acredito que nada do que é importante se perde verdadeiramente. Apenas nos iludimos,julgando ser donos das coisas, dos instantes e dos outros. Comigo caminham todos os mortos que amei, todos os amigos que se afastaram, todos … Continuar a ler

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Sem timoneiro


SEM TIMONEIRO Assomei à janela do tempo e recordei a barca do teu olhar.Sorvi na maresia das águas profundas as meias luas de promessasE nas tuas redes vítreas rememorei cardumes de esperançasQuando no verde da tua íris perdia o pé … Continuar a ler

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

São Valentim (carta de Amor)


Aveiro, 13 de Fevereiro de 2012 Meu Amor. Te amo com todas as forças do meu pensamento, sei que nada e ninguém mudará o que estou sentindo. Se algum dia eu chegar a não mais te ver, continuarei a te … Continuar a ler

Publicado em amor | 5 comentários

6ª Carta


Vivo cada dia, aguardando um contacto, um sinal, uma lembrança. Vivo cada saudade, com ternura, recordo os melhores momentos. Enfrento o dia, encaro a realidade, mas nunca me esqueço de ti. Todos os dias da minha vida vejo-te nos meus sonhos, … Continuar a ler

Publicado em poemas de amor | 1 Comentário

7ª Carta


Agradeço por te ter conhecido, não haverá momento algum em que eu me arrependa por teres surgido na minha vida com contornos de um anjo que Deus me enviou. Lembro-me da alegria que senti naqueles momentos, tudo foi perfeito e … Continuar a ler

Publicado em saudades | Deixe um comentário

8ª Carta


O dia esteve com cores cinzentas, o sol mal conseguiu romper por entre as nuvens e a chuva voltou a cair. Esteve um dia propício à explanação dos pensamentos e ideias. Não sei o motivo que me sinto com uma … Continuar a ler

Publicado em poemas de amor | Deixe um comentário

9ª Carta


O tempo passou, eu passei por ele e toda esta ausência se manteve. Procurei motivos teus e meus para encontrar a razão e não encontrei uma que fundamentasse o que aconteceu. Entre outras que possam ter surgido, em nenhuma reconheci … Continuar a ler

Publicado em poemas de amor | Deixe um comentário

De repente acabou..


Escrevo-te esta carta para dizer que já não sei o que sinto por ti, sei que jamais sentiste por mim o mesmo, nem te culpo por isso, a culpa não existe. Foram anos do teu lado, foram simplesmente perfeitos. Talvez … Continuar a ler

Publicado em poemas de amor | Deixe um comentário

9ª Carta


O tempo passou, eu passei por ele e toda esta ausência se manteve. Procurei motivos teus e meus para encontrar a razão e não encontrei uma que fundamentasse o que aconteceu. Entre outras que possam ter surgido, em nenhuma reconheci … Continuar a ler

Publicado em amor | Deixe um comentário