9ª Carta


O tempo passou, eu passei por ele e toda esta ausência se manteve. Procurei motivos teus e meus para encontrar a razão e não encontrei uma que fundamentasse o que aconteceu. Entre outras que possam ter surgido, em nenhuma reconheci a sua veracidade.

Foram inúmeras as tentativas para levar-te para o Mundo dos esquecimentos, sempre acreditando que aquela seria a altura mais que certa para esquecer, largar, matar todo o amor sentido por ti. Acontece que a esperança e o amor juntos sempre venciam e não seriam necessárias muitas horas para voltar a acreditar no sonho que mantive bem aceso de um dia este amor seria vencedor e juntos pudéssemos viver uma vida a dois como sempre desejei e acredito que tu também o desejaste. Os planos que juntos delineámos, todos os objectivos traçados, os nossos sonhos, a nossa cumplicidade, o nosso querer eram os motivos para acreditarmos que se existe a nossa alma gémea, tu eras sem dúvida a minha. Gostava em ti aquilo que em mim não tinha, gostavas de mim naquilo que dizias sentir falta e creio que era exactamente ai que dávamos continuidade aos nossos seres como um todo.

Na realidade, nada aconteceu conforme eu acreditei que viesse acontecer e a cada dia que passa a distância entre nós vai aumentando, mesmo que eu ainda peça um último encontro e para quê perguntas tu? Para agradecer-te os dias, meses e anos de ter tido o privilegio da tua presença na minha vida. Se tivesse tido a noção do quanto me era importante, certamente que não abriria as minhas mãos tão facilmente. Quero aproveitar esta oportunidade também para agradecer as saudades que por ti senti, os sorrisos que me fizeste sorrir, os beijos e abraços que demos. Agradeço todos os presentes que me deste e aqueles que não deste, mas tiveste intenções de dar. Quero agradecer o casamento que planeámos e não se realizou, dos filhos que ambos gostaríamos de ter tido, das noites, dos dias que passamos a conversar quer tivesse sol ou chuva, uma lua brilhante ou a ausência dela, quer estivesse frio ou calor, Outono ou Inverno, Primavera ou Verão. Agradeço cada pôr-do-sol que juntos não podemos assistir, mas em todos eles estiveram bem presentes dentro da nossa imaginação. Não posso esquecer de todo o amor que fizemos e deixámos outro tanto para amanhã, amanhã esse que nunca chegou, mas que jamais posso deixar de agradecer. As discussões que tivemos e todas elas serviram como aprendizado, as reconciliações depois das discussões eram prova deste amor, isso também quero agradecer. Agradeço por me teres ensinado imenso, os carinhos que me deste e todos aqueles que não deste. Obrigado por teres feito parte da minha vida e por continuares a fazer parte, de maneira diferente, eu sei, mas certo que continuas a ser parte de mim. Agradeço por último pelas todas as outras coisas que agora não me lembro e certamente não deixam de ser importantes.

Escrevi inúmeras palavras, todas elas com muito amor, carinho, sinceridade e desejo de felicidade que foram dirigidas a ti. Apelei aos rios e montanhas que levassem para junto de ti toda a minha saudade e ao mesmo tempo era assim que ias mantendo dentro de mim. Lembro-me de tantas coisas e outras tantas que tentei expressar, tornando-se a finalidade destas linhas, portadoras de todos os meus sentimentos, testemunhas do que por ti senti. É neste caderno de linhas coloridas que deposito as palavras que são minhas, mesmo que se tornem repetitivas, todas elas eu te ofereci como se me pertencessem. A minha vontade sempre foi ficarmos juntos, não digo para sempre, mas um dia de cada vez, o resto das nossas vidas. Sei que senti amor verdadeiro, quem sabe o único amor de toda a minha vida e sabes porquê que digo isto? Porque confesso que amei alguém tão sensacional, amiga, companheira, brilhante, intensa, verdadeira, especial e única. Este amor que depositei nas tuas mãos, esqueci dizer para as fechar e guardares esse amor, ele sempre foi teu, sempre te pertenceu.

Chegou o momento do silêncio entre ambos, as palavras que se deixaram de trocar, as recordações tornam-se mais fortes, as perguntas e os porquês deram lugar á troca de mutuo amor e a voz do meu amor aos poucos se silencia, dando lugar à separação quando tudo fica paralisado e quem sabe se os nossos desentendimentos terminaram com este amor. Hoje ainda digo por uma última vez que ainda te amo, mesmo com todo o silêncio que reina entre nós e que mesmo assim, ainda ilumina a minha vida e vai enchendo o meu coração de amor. O teu sorriso foi como um raio de sol, rico, puro, suave e bonito, sendo capaz de tocar a minha alma que estava fria sem ti. Ainda te amo e quero acreditar numa última vez que nada será possível nos separar e toda esta ausência se deve ao tempo que dedicámos aos nossos afazeres e logo, logo estaremos juntos num abraço demorado.

Ninguém segura o amor entre duas almas gémeas, os seus gritos são ouvidos nos quatro cantos do universo, o aroma perfumado dos corpos espalha-se entre as flores, onde um estiver o outro estará ligado pelos fios do pensamento, e só Deus, pode explicar o porquê de nascerem na mesma época para viverem apaixonados e separados. Não sei quanta dor já senti, não importa, importa tudo aquilo que juntos vivemos e eu não quero ficar mais preso. Quero a liberdade de viver sem ti e não penses que estou a julgar-te, sempre me concedeste toda a liberdade. A liberdade com um novo colorido de felicidade, quero de novo os meus sonhos, aqueles que fui guardando e ficaram esquecidos pelo tempo. Aprendi de novo a ser feliz, sem ti e uma vez mais fico sem palavras, porque não foi fácil, não é fácil deixar-te sair dentro de mim, só que a razão é mais forte que o próprio coração e eu liberto-te, liberto-me para onde, ainda não sei, talvez para um outro Mundo para que possamos ser um só amor…o nosso amor! Até sempre.

 

Hc Poesias ®

 

Anúncios

About hcorreia2003

Eu gosto de viver. Já me senti ferozmente, desesperadamente, agudamente infeliz, dilacerado pelo sofrimento, mas através de tudo ainda sei, com absoluta certeza, que estar vivo é sensacional.
Esta entrada foi publicada em amor. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s