Monthly Archives: Novembro 2008

Menina


Olá mulher menina!Onde tu estavas todo esse tempo?Andei por lugares ermos e distantes a tua procura .Planejei, sonhei e projetei uma vida ao teu lado, mas tu não vinhas.Fiquei perdido sem saber para onde ir.Sem ti eu me desesperei,encontrei guarida em um coração … Continuar a ler

Publicado em amor | 1 Comentário

saudades tuas


Hcorreia® Não é uma segunda feira qualquer.Não, não daquelas que não desejamosLonge das que queremos pular do calendário. Sem o gosto triste de mais um recomeço,sem a angústia de mais uma semana de luta. Deus, como é duro lutar. Às vezes, injustamente,até … Continuar a ler

Publicado em saudades | Deixe um comentário

Ser Criança


  Fruto do Amor ou do acaso, eu estou aqui. Ama-me, respeita-me, ouve-me… Partilha comigo a vida que me deste! Não te escondas atrás do tempo porque ele passa depressa como o vento e só deixa o lamento… Ensina-me a … Continuar a ler

Publicado em Saúde e bem-estar | 1 Comentário

Viajante


  Se o tempo que percorres No seio da investida E se a calma nao acolhe A causa que tens perdida No momento da presenca ausencia registada E quando os ferros se transformam E colhem toda a magoa inerte… Porque … Continuar a ler

Publicado em Viagens | Deixe um comentário

Sonho perdido


            A lagrima teimosaQue instiga o meu rosto E a mesma que por ti chora Em voltas de recusa. A espera a que me remeteste Colhe frutos pouco dilacerantes Este sonho que criei em ti … Continuar a ler

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Simplesmente AMO-TE


Sentado neste espaco que me habita, olho a janela e percorro com o olhar as finas goticulas de agua que batem no vidro, quase pedindo para entrarem… Reparo também na chuva que cai no lago e que abundantemente o faz … Continuar a ler

Publicado em amor | Deixe um comentário

Vida


Gostaria de dizer do amorGuardado em meu coraçãoDedicado a tiOu simplesmente“Eu te amo!” Mas não…Meu destino pede que Eu escorra toda a águaDeixe que o próprio vento sequeNossa história que há em mim. Foste emboraComo estimada coisaQue se perde…Caíste no silêncio … Continuar a ler

Publicado em saudades | 1 Comentário

Despedidas


Revivo em silêncio,doces despedidas.Perdidas nos tempose estradas da vida. Relembro palavras,de fé e de calma,carinhos, doçuras,calando na alma. Envolvendo meus braços,os teus, calor que senti.Aquecendo meus lábios,beijos, tantos, que tremi. Olhar, que o meu refletiu.Pensar, que ao meu se fundiu. … Continuar a ler

Publicado em poemas de amor | Deixe um comentário

Chuva


Depois de tanta chuva O sol timidamente volta a aquecer as goticulas de Orvalho Que dançam nas folhas e pétalas dos jardins.   Uma lembrança, não, sensação percorre Minhas entranhas Algo que não chega a incomodar mas lateja o Tempo … Continuar a ler

Publicado em saudades | Deixe um comentário

Eu Hc


                                                Hc poesia Não sou físico e nem metafísicoSou uma aparição tristeDe um mundo desencantado.Estou sempre exausto, Doentio, deselegante,Ridículo…Sou francamente desumanoNão tenho herói.O poder das trevas embotou minha visão,Só me restaram ruínas.Vejo o mundo por dentro,sinto o maior dos pesadelos.Tenho uma … Continuar a ler

Publicado em poemas de amor | Deixe um comentário