Monthly Archives: Novembro 2006

Sera isto castigo


Será isto um castigo? Aquele dia… Aquele dia em que te vi, pela primeira vez. Porquê eu? Poderia ter sido outra qualquer… Quando te vi, Não tinha intenção de me apaixonar Mas, tão parvo que sou Só a mim, para … Continuar a ler

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Por tua causa


Por tua causa… Bonitas as coisa que me dizias, Todas meras fantasias. Tantas mentiras me contaste, E uma grande amiga me tiraste. Talvez seja fácil, De encantar, Mas difícil, Vai ser voltar a amar… Por tua causa, Deixei de confiar, … Continuar a ler

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Quem não sofre..


Quem não sofre de amor não ama! Se eu pudesse deixar de amar quem nunca me amou Se eu pudesse ir buscar algum mal a quem mal em mim sempre encontrou Assim me vingaria eu, se pudesse dar sofrimento a … Continuar a ler

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

por muito


Por Muito Que Te Custe… A minha desgraça…é a tua inspiraçãoO meu frio…é o teu calor A minha felicidade…é a tua desilusãoA minha descrença…é a tua religião O meu céu cinzento…é o teu céu azulA minha poesia…é a tua prosa … Continuar a ler

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

ha urgencias


Há esta urgencia das palavras Há esta urgencia das palavrascomo se escrever fosse fazer amore as palavras fossem aquele palpitar que se sente na peleaquele grito que não se contém aquela angustia que se solta no momento do orgasmoe depois…depois … Continuar a ler

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Aquilo que foste e ja…


    Sinto o desejo da revolta em todo o eu,por tudo aquilo que anseio e não sou,quero desmentir palavras que te disse,apenas por não ser a única que tas dou,quero gritar e dizer a toda a gente,que não tenho … Continuar a ler

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

nao te soube…


    Tal qual uma sombra no escuroEu te vi pela primeira vezEras tão linda e tão puraQue me fizeste sonhar outra vez. O teu cabelo côr da noiteE os teus olhos côr de marMe relembraram de novoQue poderia voltar … Continuar a ler

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

mar


"O Mar e os Meus Pensamentos" O mar puxa por mim p’rá poesiaAs ondas são as Musas que me inspiramE seja a bem, ou fantasia,Há versos novos que no mar surgiram! São sobre as ondas escritos os meus versosMirando aquele … Continuar a ler

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário